Como definir os descontos para sua loja

Como definir os descontos para sua loja

As ofertas, promoções e descontos são oportunidades para movimentar as vendas e fazer o estoque girar. Porém, na hora de desenvolver qualquer uma dessas estratégias você já teve de lidar com a dúvida “como definir os descontos para sua loja”? Isso é bastante comum. Por esse motivo, separamos algumas dicas para te ajudar. Acompanhe!

Como identificar o momento de dar um desconto

Antes de criar qualquer campanha, promoção e oferta, deve-se fazer uma análise sobre diversos pontos. Avaliar o orçamento, as despesas, o faturamento, o objetivo e o retorno que a ação proporcionará para a empresa são alguns deles. Veja com mais detalhes:

1. Avalie a margem de lucro

Todo produto tem um custo que está embutido em seu valor final. Empresas que produzem seus próprios produtos precisam considerar todas as despesas de produção na definição de seu valor. Quando a empresa revende um produto, deve avaliar qual o valor foi pago ao fornecedor, impostos, além dos custos fixos da loja, para precificar.

Por esse motivo, ao criar uma promoção ou ofertar descontos, a empresa deve pelo menos garantir que o produto pague pelo investimento que foi feito em sua aquisição. Dessa forma, não haverá prejuízo.

2. Conheça o valor que o produto representa

Produtos de extrema necessidade ou com giro muito alto vendem com maior facilidade. Por isso, a menos que haja uma necessidade de trocar o estoque, renovar a coleção ou evitar o vencimento não precisar fazer parte de campanhas de desconto.

3. Entenda o momento da empresa

As empresas fazem promoções por diversos motivos. Antes de criar a sua ação, avalie o momento do seu negócio. Uma ação promocional tem o objetivo de movimentar o estoque, aumentar o giro, trazer lucro ou eliminar peças que estão paradas? Nessa avaliação você pode perceber que não é a hora de investir na oferta de descontos.

Como definir os descontos para sua loja?

Você já fez todas as etapas anteriores e chegou a conclusão de que a promoção será importante neste momento, porém não sabe como definir os descontos para sua loja. Veja como nas dicas a seguir:

1. Produtos há muito tempo no estoque

Sua loja fez o investimento em alguns itens que não foram vendidos. Localize no histórico há quanto tempo o produto foi adquirido. Dependendo do período o valor dele já não é mais o mesmo, como por exemplo um produto de coleção passada. Nesse caso você pode trabalhar com margens mais expressivas, a partir de 50% por exemplo. Pois o objetivo é ter pelo menos o retorno desse investimento.

2. Lançamentos

Os lançamentos não exigem ações promocionais, pois novidades são suficientes para atrair o cliente. Por outro lado, a loja pode criar ações promocionais para estimular ainda mais a venda. Nesse caso, trabalhe com margens mais baixas, em torno de 5% ou 10%.

3. Desconto na compra de outros produtos

Outra forma de fazer o cliente enxergar valor na sua oferta é oferecer um benefício na aquisição de um produto que ele não pretendia comprar. Na compra de 5 camisetas, por exemplo, o cliente ganha 20% de desconto na compra se levar mais uma peça.

A oferta de descontos deve ser um benefício para o cliente, mas que traga um retorno para a marca – seja financeiro ou de reconhecimento. Isso quer dizer que ações como essa devem aumentar o faturamento ou o conhecimento da loja no mercado. Saiba como você pode aumentar o seu faturamento possibilitando novas formas de pagamento.

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.

Nome

E-mail

Assunto

Mensagem